Comida em Taiwan

A comida não é um mero detalhe em Taiwan. 
Considerado o melhor destino do mundo no que respeita a comida, a cultura que rola à volta deste item está por todo o lado. 
Não se pense, porém, que para comer bem e muito é necessário ir a um restaurante e gastar um bom dinheiro. Não. Repito, a comida está por todo o lado. Só em Taipé existem cerca de 20 ruas dedicadas à comida, com pequenas bancas com todo o género de alimentos. Os mercados nocturnos são, por isso, imperdíveis. Experimentei o de Shilin (que não recomendo – é melhor para outro tipo de compras) e o de Raohe (que decreto obrigatório).


Um dos ícones alimentares taiwaneses é o tofu mal cheiroso e basta caminhar pelas ruas com os sentidos bem apurados para confirmar a justeza do seu nome. Já a justeza do seu paladar… convenhamos. O odor é de tal forma arrepiante, chegando a ser insuportável, que não houve coragem para provar esta iguaria. 


O prato mais famoso de Taiwan é a sopa de massa de bife. O sabor do caldo é apuradíssimo e impossível não ficar fã. No entanto, a dupla colher / pauzinhos que nos fornecem para degustar esta refeição nem sempre funciona na perfeição em conjunto e a queda de um destes instrumentos na sopa traz como consequência nódoas severas na roupa que tem de durar para as várias semanas de viagem (ainda me pergunto porquê este azar logo no primeiro dia). 


Os dumplings são igualmente omnipresentes e há os para todos os gostos e coloridos. 


A comida taiwanesa possui diversas influências, as mais evidentes vindas do Japão e da China, como será o caso dos pratos anteriores.
Estas “Anna egg tart” antes de aqui chegarem provavelmente andaram por Hong Kong, Macau, Lisboa, Belém. 



Mas a comida de Taiwan tem igualmente raizes locais junto dos povos autóctones. Wulai será dos melhores sítios para se provar a comida aborígene. Este prato, do restaurante Taiya Popo, estava na lista dos mais pedidos, percebi-o pelas estrelinhas que acompanhavam os caracteres da sua identificação. Tem um ar da terra, natural. E sabia bem.


Para beber, muita fruta. Para comer, muito sumo.


O Bubble Tea é quase uma obsessão nacional. É um chá de leite com bolinhas de tapioca. Doce, muito doce. Mas acaba por ter diversas variantes de sabor e por poder ser tomado frio ou quente. O que não varia é o facto de ser um super alimento.

Quanto à comida nos mercados de rua, uma vez que ela está exposta o melhor mesmo é não nos limitarmos a apontar o olhar e experimentarmo-la sem receios.





Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s