A Carta de Pero Vaz de Caminha

À semelhança do Roteiro da Primeira Viagem de Vasco da Gama à Índia (1497-1499), atribuído a Álvaro Velho, a Carta de Pero Vaz de Caminha está inscrita na lista da Unesco “Memória do Mundo”. Pero Vaz de Caminha era o escrivão da armada de Pedro Álvares Cabral que em 9 de Março de 1500 saiu…

Baburnama

O livro de Babur, escrito por este que foi o primeiro imperador mogol, é uma das primeiras autobiografias do mundo muçulmano, algo nada habitual no século XVI. O império Mogol começou por se constituir claramente como um estado guerreiro, de conquista e pilhagem, e Babur não podia deixar de nos relatar as suas vitórias e…

Tratado das Coisas da China, de Frei Gaspar da Cruz

Frei Gaspar da Cruz foi um missionário dominicano pioneiro nas viagens pela Ásia do Sueste. Em 1556 viajou para Cantão, sul da China, com a missão de evangelizar a “multidão de almas perdidas com a ignorância da verdade”. E como “estas gentes têm muitas coisas muito dignas de memória” moveu-se “a dar notícia geral”, tendo…

As aventuras de Filipe Seems por Lisboa

“Tudo é ficção, acaso e destino, labirinto e jogo. Os homens necessitam de fábulas e não há destino mais nobre do que povoar o mundo com as personagens das fábulas”. Filipe Seems é uma personagem criada pela dupla Nuno Artur Silva e António Jorge Gonçalves, argumentista e desenhador. As aventuras deste detective particular surgiram pela…

Corto Maltese, as aventuras

Na sequência do anterior post, onde se apresenta a personagem Corto Maltese, o herói sonhador criado pelo desenhador e roteirista Hugo Pratt, iremos agora percorrer os seus livros. As aventuras de Corto Maltese foram situadas pelo seu autor no início do século XX. Porém, os livros de Hugo Pratt não têm uma ordem cronológica. No…

Corto Maltese, o herói sonhador

Corto Maltese é o meu herói. Tem 53 anos e nasceu em 1887. Confuso? O marinheiro mais bonito, estiloso, culto e corajoso de todo o sempre nasceu em 1967 da pena de Hugo Pratt, desenhador e roteirista. Filho de mãe cigana de Gibraltar e de pai marinheiro da Cornualha, Corto nasceu no final do século…

A Doçaria Portuguesa

Não sei fazer doces. Só entendo de comer doces, e isso muito bem. A maior parte das vezes devoro-os com tal intensidade que não me chego a aperceber dos seus ingredientes. Mas sinto o seu guloso sabor. Mas também não me importo de olhar para eles, nem que seja em fotografias ou ilustrações, e deixar-me…

Livros para a Quarentena

Melhor do que viajar, só mesmo ler. E, se se puder aliar os dois, perfeito. Em seguida, algumas sugestões de livros que nos fazem conhecer um pouco mais os lugares desde o nosso sofá (alguns deles tiveram direito a um post aqui no blogue). Começamos por Portugal: – As Praias de Portugal – Guia do…

Briant Barrett – Relato da Minha Viagem aos Açores 1812-14

“As montanhas circundantes estavam arborizadas, até aos cumes. Tudo era silêncio, só se ouviam as canções dos pássaros ao entardecer, o vento a soprar com uma ligeira brisa através das árvores e o murmúrio das águas dos riachos que corriam, deitando pequenas gotas no imenso Atlântico.” Não se sabe ao certo quem foi este Brian…