Pelo Hyde Park à Chuva

Faça sol ou faça chuva (mais esta, está bom de ver), um passeio pelo Hyde Park é obrigatório. Este foi, aliás, o programa escolhido para começo de manhã do primeiro dia do ano de 2008.
Nem os persistentes e nunca desistentes chuviscos perturbaram a doce caminhada pelo verde junto ao lago, sem deixar escapar um olhar demorado pelas brincadeiras dos patos e esquilos. Aliás, existirá alguém no mundo que tenha ido a Londres e ao Hyde Park e não volte de lá com relatos das traquinices dos esquilinhos nada ariscos que nos sobem pelo corpo acima em busca de um rebuçado?

No meio desta confusão sucessiva de parques com áreas bastante generosas, é fácil ficarmos sem saber que relva pisamos: se a de Kensington Gardens, se a do Hyde Park em si, se a dos jardins do Buckingham Palace, se a do St James´s Park ou se a do Green Park.
São kms e mais kms bem no coração de Londres onde a única agitação que se vive é a dos desportistas e a dos animadores de espaços públicos, sem que, no entanto, se perca um certo ar bucólico.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s