Entre Muñoz

E ainda dizem que o Porto perdeu pujança, que Lisboa é que fica com tudo…
Como se não bastasse terem à sua disposição em parque público a obra “Treze a Rir Uns dos Outros” no Jardim da Cordoaria (ainda que em estado de desleixo), Serralves apresenta os últimos dias de uma retrospectiva do escultor espanhol Juan Muñoz.

Em tempos de crise, sisudos, vem mesmo a calhar este sorriso de satisfação e de emoção com que ficamos ao passear pelas obras de Muñoz, pelas suas figuras quase humanas, aqueles anões com traços chineses, sempre sorridentes. E, assim, tornamo-nos mais uma das suas esculturas, ali perdidos no meio da multidão, sozinhos no meio de tanta gente, admirando Muñoz.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s