Via Crucis

Com esta temporada de chuva que parece interminável, está bom é para visitar museus.
Por exemplo, em Janeiro foi obrigatório ir à Galeria do Rei D. Luís, no Palácio da Ajuda, ver Fernando Botero desta vez em pinturas e não em esculturas. Foi o caso da exposição “Via Crucis – A Paixão de Cristo”, polémica, q.b., mas pelo menos não calhou em altura de Quaresma. Gostei especialmente de duas pinturas: Cristo crucificado com o Central Park de N.Y. atrás e, para algo totalmente diferente, Cristo crucificado com uma favela atrás, talvez de Medellin.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s