Calçada Portuguesa

A calçada portuguesa é inconfundível, uma marca que irradiou de Lisboa para todo o país e depois para o mundo lusófono, tornando-se património comum e parte da nossa identidade. Há quem não goste dela, mas com uns ténis não escorregadios nos meus pés não só não tenho razões de queixa como é um prazer apreciar…

Variações Naturais – Uma Viagem pelas Paisagens de Portugal

Até 25 de Novembro de 2022 estará patente no Museu Nacional de História Natural, em Lisboa, uma exposição que nos faz viajar pelas riquezas naturais de Portugal, enriquecendo os nossos conhecimentos sobre o território que habitamos e com quem o partilhamos. Variações Naturais – Uma Viagem pelas Paisagens de Portugal, assim é a designação desta…

Fajã de Lopo Vaz

Dos trilhos pedestres oficiais pela ilha das Flores, o PR4 – FLO até à Fajã de Lopo Vaz é o mais curto. São 3,5 kms de descida e subida pelo mesmo caminho, um pouco mais se resolvermos explorar a fajã até onde nos é permitido. À Fajã de Lopo Vaz vamos pela natureza, pela história…

As Lagoas das Flores

Entre muitas outras belezas naturais, a ilha das Flores tem mais de uma mão cheia de lagoas. São 7 as que resultaram em caldeiras de antigos vulcões e nem precisamos de chamar o Poço da Ribeira do Ferreiro a esta história para ficarmos por elas irremediavelmente arrebatados. O PR3 – FLO é um percurso pedestre…

Do Lajedo à Fajã Grande

“ILHA Só isto: O céu fechado, uma ganhoa pairando. Mar. E um barco na distância: olhos de fome a adivinhar-lhe, à proa, Califórnias perdidas de abundância.” Pedro da Silveira O plano inicial era percorrer a pé quase toda a costa ocidental da ilha das Flores, dividindo a empreitada em duas etapas de dois dias: o…

Das Lajes a Ponta Delgada pela costa

A ilha das Flores é a quarta mais pequena de todo o arquipélago, com 143 km2. Há lugares mais recônditos do que outros, mas nunca se estará a muito mais de 30 minutos de carro do centro da ilha a qualquer ponto. Neste périplo pela “floresta adormecida”, como lhe chamou Raul Brandão, propomos ir da…

A Ilha das Flores

“Campos, ravinas verdejantes, arvoredoVestindo os montes com um fofo terciopelo…A tarde, um sino ao longe erguendo o seu apeloAo vespertino azul, fundo como um segredo…A tarde, um sino ao longe… Estrelas ambarinas Na limpidez do céu acordam, vacilante…Mugem num tom suave os bois pelas colinas;Afogam-se na sombra os contornos distantes…Paisagem vesperal que palpitante espiaA estrela…

O Caldeirão do Corvo

É pelo Caldeirão que a maioria dos viajantes vem até ao Corvo. Em trânsito das Flores, numa viagem de um dia, chegam de barco ao Porto da Casa e vão directo ao miradouro do Monte Gordo. Alguns têm a sorte que não tivemos em dois dias e conseguem admirá-lo em toda a sua majestade e…

O Corvo

“Ainda de noite, seguimos o caminho do Corvo, com o mar chocalhado, como se diz nos Açores. Este canal é amargo. Às cinco horas da manhã do dia 17 estamos à vista de duas manchas azuladas, Flores e Corvo, sob um céu velado e em águas revoltas. Uma hora depois distingo perfeitamente o cone de…

Levada do Alecrim e Vereda da Lagoa do Vento

O Rabaçal é uma espécie de parque de diversões para os amantes de caminhadas. Daqui saem inúmeros passeios, entre eles o da Levada das 25 Fontes, o mais popular da ilha. Situado no concelho da Calheta, pouco depois do Paul da Serra, já havíamos apreciado o vale do Rabaçal deste o alto nos primeiros quilómetros…