Caminhando Sobre o Glaciar

A família reunida.
O Pai sempre quisera visitar a Islândia. Não deu.
Mas no Verão de 1999 escolheu – de comum acordo com as filhas – a Noruega.
A Sofia estava completamente desesperada por ao pior tempo (nublado e chuvoso) que já apanhámos em viagem estar a ver que teria de dizer adeus à tão sonhada e ansiada caminhada sobre um glaciar. Mas o Pai fez panelinha com a filha mais nova e insistiu e continuou a conduzir pelo infinito deserto rural e montanhoso do ocidente norueguês. Deu-se então um quase milagre: o clima por ali não só estava limpo como ainda chegámos a tempo de apanhar a última excursão ao Briksdalsbreen, um dos braços do Jostedalsbreen, o maior glaciar na Europa continental.
A mãe com o capacete e a tentar equilibrar-se no gelo com aqueles pitons foi o outro milagre do dia.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s