Planos de Viagem no Peru

Em 2007 tinhamos previsto dividir-nos entre o Peru e a Bolívia, com o óbvio highlight de conquistar Machu Picchu. Só não contávamos é que seria necessária tanta antecedência para reservar um dos limitados lugares diários para o Inca Trail.
Em boa hora mudámos de planos e dedicámo-nos praticamente em exclusivo à Bolívia (com uma curta ida até Puno e às ilhas flutuantes de Uros no Titicaca peruano). Com isso, falo por mim, tive a viagem da minha vida.
Mas Machu Picchu não ficou esquecida e o ano de 2010 teria de ser o ano em que não a deixaríamos escapar. A expectativa era alta, mas não seria o único local a visitar. Metade da viagem, no entanto, seria dedicada a Cusco e seus arredores. Ainda pensámos numa ida até Manu, porta de entrada em parte da Amazónia peruana, e não muito distante de Cusco, mas ainda terei um longo caminho a percorrer para me livrar do medo da selva (logo, Iquitos, no norte da Amazónia peruana é apenas um sonho distante).
Assim, entre Arequipa e o Cañón del Colca, no sul, e Trujillo e as cidades arqueológicas e praias, no norte, optámos por estas últimas. Os textos de Gonçalo Cadilhe acerca do Museu Tumbas Reales de Sipán e as extensas ondas de Puerto Chicama e Pacasmayo foram decisivos para esta escolha do itinerário da nossa viagem que se restringiu a apenas duas semanas.
Em seguida, alguns pormenores e histórias.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s