Jurmala, praia no Báltico

Jurmala (lê-se Iurmala) é um estreito de praia que se estende por uma trintena de quilómetros à beira Báltico.
Tudo isto a cerca de trinta minutos de viagem de comboio desde Riga. 
Este foi um dos spa-resorts mais disputados e concorridos de todo o império soviético. Todos para aqui desejavam vir em busca de sol (totalmente ausente neste princípio de Primavera) e tratamentos. Construíram as suas vilas ao estilo prussiano, casas de madeira coloridas encimadas por torres, como se de castelos se tratassem. Muitas resistem até hoje e os russos não deixam de voltar. 






Sente-se alguma (pouca) vida e veem-se algumas casas bem arranjadas. Mas o ar de abandono e desolação é o que fica depois de uma curta visita a Majori e Dzintari, os dois bairros que constituem o centro de Jurmala, num dia de chuviscos em temporada baixa. 



A praia de areia branca lá está, areal extenso e mar sem fim. Infelizmente o frio não convida a um mergulho, falta a coragem dos russos, talvez movidos a vodka.
Um dos sanatórios mais característicos tem placa a anunciar a sua venda, enquanto que ao seu lado um hotel de arquitectura banal nos deixa na dúvida se terá hóspedes por esta época. 
Teremos de voltar no Verão para acreditar que haverá vida por aqui?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s