Cascata de Cela Cavalos

À semelhança da Cascata de Pincães, também a Cascata de Cela Cavalos fica no concelho de Montalegre, mas ainda no Parque Nacional Peneda-Gerês. Será uma das menos conhecidas, mas nem por isso menos fantástica do que as suas companheiras. Um pouco antes da povoação de pedra de Sirvozelo, que tanto me tinha deslumbrado quando por lá passei há um par de anos, a Cela Cavalos podemos aceder após estacionarmos o carro na povoação de Cela ou imediatamente antes, num estacionamento de terra batida improvisado bem diante de uma enorme pedra com um portinhola – é esta vida que estas gentes do Barroso dão à natureza, em especial a estes penedos, que tanto me seduz.

O percurso – a pé – até à Cascata faz-se sempre a descer, num estradão sem dificuldade de maior. São cerca de 25 minutos na ida. A volta, está visto, é sempre a subir, qualquer coisa como 40 minutos. Fiz este caminho sob um calor intenso. Não há qualquer sombra a não ser a de um ou dois minúsculos pinheiros, um género de oásis onde aproveita para parar e beber um gole de água do cantil. Ou seja, embora não seja tecnicamente difícil, em dias de calor o trilho é extremamente cansativo e até penoso.

Ainda assim, deu para contemplar a paisagem. Quando passamos a pequena Capela de Santa Luzia, instalada num alto, vamos descendo sempre a admirar o belo vale com um conjunto de belas fragas ao nosso lado esquerdo. E entretanto paramos por momentos para apreciar um lugar onde inúmeras caixinhas de mel estão em exposição, numa forte concorrência à paisagem.

Já cá bem em baixo no vale, passada uma ponte de madeira, a Cascata de Cela Cavalos surge diante de nós. Fantástica, deslumbrante mesmo. E qualquer arrependimento pelo atrevimento de termos descido tanto e, consequentemente, termos de pagar pela corresponde subida, esvai-se.

Mergulhamos, pois claro. Mais uma fresca recompensa pelo esforço. Não contentes, há que subir (não é difícil) até ao topo da cascata para aí descobrir mais uma belíssima poça. O incrível destas lagoas e poças do Gerês é que conseguem atingir profundidades imensas, daí que seja um entretenimento relativamente pouco perigoso a aventura de saltar dos penedos. Mas não fizemos como os moços, antes preferimos limitarmo-nos a boiar nas deliciosas águas de Cela Cavalos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s